Os óculos escuros nas crianças não são apenas acessórios para deixá-las “engraçadinhas”. No dia a dia, eles são fundamentais para proteger os olhos dos pequenos contra a radiação ultravioleta e outras ameaças potenciais que podem causar danos irreparáveis à visão delas.

Por que os olhos precisam de proteção contra a radiação UV?

Uma parte significativa dos pais está convencida de que um óculos de sol para uma criança é algo supérfluo. No entanto, a falta de proteção dos olhos infantis pode levar à problemas visuais graves. Isso porque quanto mais jovem, mais vulneráveis são os nossos olhos sob sol.

Dentro dos nossos olhos há o cristalino, uma espécie de lente transparente e flexível localizada atrás da pupila. É graças a ele que conseguimos ajustar o foco e enxergar corretamente os objetos à nossa volta. Em crianças pequenas esse cristalino é bem transparente, ou seja, mais sensível. Por conta dessa sensibilidade maior, em crianças menores de 10 anos, por exemplo, a luz solar consegue penetrar 75% diretamente na retina, o que pode causar doenças oculares e queimaduras.

A falta de proteção dos olhos infantis pode levar à problemas visuais graves.

Um perigo, não é mesmo? Imagine então no verão, durante o período de atividade solar máxima, o quanto as crianças não ficam expostas? Nessa época elas passam muito mais tempo ao sol que os adultos, normalmente, e, por isso, precisam estar com os olhos protegidos da radiação UV.

Invista na saúde dos olhos da sua criança agora mesmo

Ainda não está convencido de que óculos de sol para as crianças não é luxo? Listamos, abaixo, mais quatro motivos para você incluir esse acessório na rotina da molecada:

  • 20 minutos de exposição direta ao sol sem óculos de proteção equivalem a uma hora de TV/computador/smartphone;
  • a exposição regular à radiação nos olhos causa a destruição gradual da retina e a nebulosidade da lente (cristalino);
  • A radiação solar destrói os fotorreceptores do olho (paus e cones);
  • óculos de sol minimizam a tensão nos músculos dos olhos e a probabilidade de desenvolver alergias.

Em que idade as crianças podem usar óculos escuros?

Quanto mais cedo proteger os olhos do seu filho da radiação UV prejudicial, melhor! Oftalmologistas aconselham começar a acostumar a criança a usar óculos escuros a partir do final de 1 ano.

Em uma idade tão precoce, a criança pode perceber os óculos como um brinquedo, por isso, é importante escolher modelos mais seguros, feitos, normalmente, à base de policarbonato.

Entre 3 a 4 anos o bebê se acostumará a usar óculos e os perceberá como uma necessidade.

A maioria dos fabricantes de óculos de sol oferece modelos para crianças de diferentes categorias etárias: 1 a 3 anos, 3 a 7 anos, de 7 a 12 anos. Portanto, você não terá problemas com a seleção de óculos para o seu menino ou menina!

Oftalmologistas aconselham começar a acostumar a criança a usar óculos escuros a partir do final de 1 ano.

Como escolher os óculos de sol certos para seu filho

Os olhos de seus filhos precisam de proteção boa e confiável, então você precisa abordar a escolha dos óculos de sol de forma responsável. Existem alguns aspectos-chave que devem ser levados em conta na hora de escolher:

  1. Fabricação de materiais. Os óculos infantis devem ser feitos de material de alta qualidade, durabilidade e hipoalergênico. O policarbonato (plástico) é o material mais prático e seguro para óculos de sol para crianças.
  2. Características da armação. Não basta serem bonitos, os óculos escuros também precisam ser confortáveis para as crianças. Armações leves, que não “apertam” o rostinho, plaquetas macias fixadas na base do nariz são algumas características que devem ser levadas em consideração.  
  3. Lentes e proteção UV. Especialistas recomendam escolher óculos infantis com lentes cinza, verde e marrom. Vale lembrar que as capacidades protetoras dos óculos são determinadas não pelo grau de escuridão das lentes, mas pela qualidade de seu revestimento. A melhor escolha serão óculos com marcas UV400, o que significa 100% de proteção de todo o espectro de radiação ultravioleta.
  4. Aparência. As características defensivas dos óculos são certamente importantes, mas não as principais. Para uma criança ficar feliz em usar óculos, ele antes de tudo deve gostar do seu visual. Modelos de diferentes cores, formas, com diferentes estampas e padrões estão disponíveis para a escolha. Permita que seu filho participe da escolha e, em seguida, avalie-os em termos de funcionalidade.

Há também óculos de sol infantis com lentes fotocrômicas, projetados para crianças com visão prejudicada. Eles combinam as funções de correção e proteção da visão. Antes de comprar tais óculos deve-se consultar um oftalmologista, que ajudará a determinar os parâmetros exatos das lentes certas.

HIGIENIZAÇÃO ADEQUADA

Agora que você já sabe sobre a importância de investir num bom óculos de sol para as crianças, saiba que cuidar bem da higienização e limpeza desses óculos também deve fazer parte da rotina.

Se as crianças forem muito pequenas, esse cuidado caberá aos adultos. Mas fique tranquilo, pois, no que depender da Soft99 Ótica essa rotina de limpeza será bem tranquila e extremamente eficiente!

São mais de 20 produtos específicos e de uso rápido e prático. Há produtos para levar na bolsa e limpar, rapidamente, as lentes sujas de sorvete, sem prejudicar a película de fotoproteção do óculos!

Quer saber mais? Acesse nosso site e confira.

Escrever Um Comentário